Category: Notícias


Depois de muito tempo sem postar nada aqui no Blog volto a mostrar a cara. Projetos como este que vos apresento agora foram motivos para eu estar ausente. Sem mais delongas vamos ao que interessa…

No dia 09 de Abril de 2011, depois do FLISOL-CE, a comissão organizadora (inclusive este que vos “fala”) do dito evento, resolveu criar um instituto que fomentasse iniciativas livres, crescimento sustentável, e inclusão sócio-digital.

Com os objetivos definidos começamos a busca pelos parceiros. Apesar de menos de um ano de criação, o Instituto já realizou alguns feitos que merecem destaque.

O governo federal lançou um edital para investir em cidades digitais. Várias cidades do Brasil concorreram e nosso estado nove se inscreveram. As nove tiveram seus projetos assessorados pelo Instituto. Uma delas, Cascavel, encontra-se  em fase final e provavelmente será beneficiada pelo projeto. Para mensuramos o feito, a empresa multinacional Telefônica, gigante das telecomunicações, assessorou cerca de 40 cidades do interior paulista. Nenhuma das cidades assessoradas pela empresa conseguiu chegar a fase final. Isso mostra a força de pessoas capacitadas e focadas nos seus objetivos.

Na cidade de Redenção (que possui esse nome porque foi a primeira cidade brasileira a abolir a escravidão) o Instituto encontra sintonia de objetivos com a juventude. Cada vez mais capacitada, a juventude de Redenção se faz presente na busca por uma inclusão cada vez maior de sua população no universo tecnológico e digital.

Na capital, o Instituto busca apoio tanto no poder público quanto na iniciativa privada. Pessoas como o professor Ivan Oliveira, Manuel Muniz Neto e Vicente Blum que possuem acesso à conversas com a PMF facilitam que o Instituto possa atuar e cumprir com seus objetivos.

Para o ano de 2012 muitas novidades e eventos serão incorporadas ao calendário de atividades do Instituto. Uma delas é o SMDay e o conceito de Crowdfounding. Em breve, Fortaleza (e depois nosso estado) conhecerão de perto esses conceitos que cada vez mais estão presentes na área de TI.

É importante salientar que esse Instituto é feito por pessoas para pessoas. Seus integrantes são aguerridos e lutadores visando por em prática ações que culminem no cumprimento dos objetivos definidos. O ano de 2011, ano de estréia, foi bom. O ano que se aproxima será muito melhor, com novidades, empenho, luta, mudanças no setor de TI do nosso estado e quebra de paradigmas.

Podem esperar que muita coisa boa vem por ai…

Em breve volto a escrever mais sobre o Instituto e sobre suas ações!

Um cordial abraço a tod@s, um ótimo Natal e um 2012 repleto de realizações!

Olá a todos,

Venho comunicar que a Flisol 2011 já encontra-se com suas inscrições abertas. Nesta edição, nosso estado terá duas cidades como sede do evento – Fortaleza e Quixadá.

Encontra-se também aberta a seção de submissão de trabalhos. Eu já tive oportunidade de participar de 2008 e ministrar palestras em 2008 e em 2010. As palestras são bem interessantes, os participantes motivados em aprender e o ambiente bem legal e descontraído.

Quem desejar participar é só entrar no site da Flisol 2011 e se inscrever.

Para quem não conhece a linguagem de programação Python, ela é uma linguagem de script bem bacana de se programar. Eu mesmo que não são programeiro (por falta de aptidão mesmo) gostei das minhas experiência com a linguagem!

Ela é bem fácil de aprender, mas não significa que ela não seja poderosa.O fundador da linguagem foi contratado pelo Google para gerir os projetos de Cloud Computing que serão baseados nessa linguagem.

Quem se interessar em começar na linguagem faça o download aqui. Do pouco tempo que brinquei com a linguagem, gosto de citar as funções sort() e o conversor hexadecimal.

Aqui no Ceará, sobre a coordenação da alguns integrantes (como Italo Maia e Fábio Cerqueira) há a comunidade PUG-CE. Eles também possuem um grupo no Google Groups que é bem movimentado e sempre há dicas e projetos em desenvolvimento. O grupo sempre organiza eventos e cursos e neste ano de 2011 não vai ser diferente. Já foi definido o primeiro evento e a programação já foi publicada. Fico feliz pela organização da comunidade, principalmente porque a linguagem Python é Open Source, iniciativa que sempre apoiei desde meu inicio na área de T.I.

No dia 26 de fevereiro de 2011 ocorre a segunda Pylestras e o evento contará com 3 palestras de pessoas bem experientes na área. Para quem (diferente de mim) é programeiro, fica a dica para comparecer e prestigiar o evento! Quem sabe eu acabe dando as caras por lá…

Ao meu amigo Fábio Cerqueira (e aos demais organizadores) desejo sorte e sucesso no evento!

Esses dias em um dos meus estudos descobri um comando que eu não conhecia. O comando é o “pathping”. Esse comando é muito útil para troubleshooting de redes. Ele faz uma espécie de traceroute até o IP de destino e em seguida gera uma estatística do atraso e da perda de pacote de cada salto dado até alcançar o endereço de destino. Eu não testei no Linux, mas no Windows funcionou muito bem!

c:\> pathping ip_de_destino

Confiram… Abaixo segue o print do comando!
OBS: Alguns IPs foram parcialmente suprimidos!!!

Olá a todos (as),

Venho através deste post divulgar um evento que ocorre já há algum tempo em Fortaleza – o Natal Livre.

Este ano o evento voltará a ocorrer no SENAC-CE localizado na avenida Tristão Gonçalves 1245, Centro – CEP:60015-002.

O evento é uma iniciativa bastante interessante da comunidade de software livre e da comunidade do BrOffice.

Como funciona o evento e quando ocorre?

Devido aos inúmeros pedidos, o evento esse ano ocorrerá no dia 04 de dezembro, um sábado. Em edições anteriores, o evento ocorria durante a semana, o que impossibilitava a participação das pessoas que trabalham. O objetivo do projeto é arrecadar brinquedos e alimentos para instituições que promovem obras de caridade.

O evento é bastante positivo e creio que a idéia deveria ser copiada por mais comunidades da área de T.I. não somente durante o período natalino. Entretanto, acho que o evento poderia abordar mais temas inerentes ao software livre. Apenas uma dica.

No mais, parabéns aos organizadores do evento e mais informações poderão ser encontradas aqui.

Olá a todos,

Estou de volta. Dessa vez venho disponibilizar minha apresentação sobre Shell Script durante a Feira Latino Americana de Instalação de Software Livre 2010 (FLISOL 2010).

Confesso que me surpreendi com a quantidade de pessoas presentes e apesar de alguns imprevistos (meu notebook não funcionou e precisei do notebook do Jhonantan), creio que a palestra foi proveitosa. Na verdade acho que foi mais um bate papo do que uma palestra.

Despertei interesse em participar do TUX-CE e creio que nas edições que virão da FLISOL eu poderei contribuir mais. Se você ainda não conhece software livre e Linux, inscreva-se na TUX-CE.

Participe, inscreva-se, faça parte desse movimento que só tende a crescer no mundo todo – Software Livre.

Gostaria de parabenizar à organização da FLISOL 2010, que apesar do número de participantes não esperado, conseguiu fazer com que o evento acontecesse e não perdesse sua qualidade nem desviasse o rumo dos seus objetivos!

Estou disponibilizando o material da apresantação durante o evento. Quem se interessar pode fazer o download aqui.

Olá a todos,

Faz algum tempo que não me vejo utilizando esse espaço. Demorei em virtude de alguns problemas e por ter passado o começo do ano em uma intrincada troca de empresas. Mas aqui estou, mais estabilizado e espero poder voltar a escrever com mais frequência.

Estou escrevendo esse post para divulgar o Festival Latino Americano de Instalação de Software Livre (FLISOL) aqui Ceará em 2010. A Flisol 2010 ocorrerá no dia 24 de abril e terá início as 09:00 da manhã.

Esta edição será realizada na “Vila das Artes”, no Centro da cidade. A decisão foi tomada de forma unânime devido a estrutura favorável, a boa localização e a identificação ideológica.


A “Vila das Artes” localiza-se na Rua 24 de Maio, 1221, Centro. Fortaleza. Ceará. Brasil e o telefone para contato é  (55+85)3252-1444. Conheça mais sobre a Vila das Artes no site da Secultfor.

No site da Flisol todos poderão encontrar mais informações sobre o evento. A grade de programação já se encontra por lá, assim como mais informações pertinentes.

Quem não conhece Linux é uma boa oportunidade de conhecer e tirar suas dúvidas sobre a variedade de distribuições, processo de instalação, como contribuir, etc. Para quem já conhece o tema ocorrerão algumas palestras sobre temas pertinentes ao Software Livre que serão ministradas por pessoas da área.

Espero que seja proveitoso para todos e quem puder compareça para fortalecermos ainda mais a comunidade!

Gostaria de divulgar que hoje se inicia na UFC, no campus do Pici, a Cesol 2009. Esse evento já é tradicional no nosso estado e cresce mais a cada ano. Haverá palestras de pessoas renomadas da área, além de minicursos, eventos nas seguintes áreas:

1. InstallFest – Aqui, pessoas que desejam conhecer o Linux ou não possuem uma conexão banda larga para realizar o download de uma distro, podem levar suas máquinas e instalar uma dentre as inúmeras distros existentes – e sem custo algum.

2. Olimpíada de Robótica Livre – Se apresenta como uma proposta cuja filosofia é desmistificar a robótica tradicional, adotando o paradigma de liberdade do conhecimento para atingir esse propósito.
Entre os principais objetivos da Robótica Livre, podemos destacar: a construção libertária de projetos variados através de hardwares livres.

3. Certificação LPI – Serão realizadas as provas do Linux Professional Institute, uma certificação que é independente de distribuição e possui reconhecimento internacional. Serão aplicadas as provas 101, 102, 201, 202, 301 e 302.

Esses apenas algum dos eventos que ocorrerão durante a Cesol 2009.

Tive a oportunidade de assistir algumas palestras ano passado e posso garantir que possuem um bom nível. Quem puder comparecer estará participando de um evento de alto nível. A equipe da organização está trabalhando bastante para elevar cada vez mais o nível do evento.

As inscrições podem ser realizadas no site da Cesol (link abaixo) .

CESol-CE congresso estadual de software livre Campus do Pici UFC Fortaleza-CE

Simuladão LPI

Caros leitores,

Gostaria de divulgar uma excelente iniciativa do site Certificação Linux LPI. Eles estarão realizando no dia 7 de novembro de 2009 um simuladão para a prova de certificação LPI. O simulado será gratuito, mas quem desejar poderá fazer uma doação.

Após a realização do simulado será possível verificar se você obteve êxito na prova.

Você pode se inscrever aqui.

Após um tempo de jejum, volto a dedicar-me ao Blog.

Não sei se todos tomaram conhecimento, mas Jon “Maddog” Hall (presidente da Linux International) concedeu uma entrevista ao programa Roda Viva da TV Cultura durante um dos maiores eventos de tecnologia do país – a Futurecom.

Na pauta das discussões o tão pôlemico tema – Software Livre (SL) vs. Software Proprietário.

Aqui faço uma ressalva para não confundirmos livre com gratuito. São abordagens bem diferentes. Quando afirmo que determinado Software é livre, estou afirmando que quando eu adquirí-lo (quer seja pago ou gratuito) eu terei direito ao seu código fonte. A partir daí, poderei alterá-lo como achar melhor para que ele atenda as minhas necessidades.

Quando possuo essa liberdade de alterar o código fonte, nasce um outro conceito – SaaS (software como serviço, traduzido).

Agora, o software deixará de ser um produto e passará a ser um serviço, a medida que eu poderei customizá-lo para atender necessidades específicas de cada um dos meus clientes.

Durante a entrevista, Jon foi bastante incitado e provocado a falar sobre a Microsoft. Um fato interessante revelado por ele é que nos EUA há legislações diferentes para empresas de porte diferentes. Lá o monopólio é permitido. No entanto, esse monopólio é fortemente regulamentado pelo governo para que abusos não sejam cometidos.

Jon revelou ainda que na sua opinião, o SL é uma questão econômica e independe de ideologia político-partidária. Houve momentos em que um dos entrevistadores insistiu que na verdade a questão era extremanente política. Porém, no final foi esclarecido o ponto de vista de Hall e se pode mostrar as nuances econômicas por trás da produção de software.

Outro quesito interessante abordado foi a empresa Google. Jon foi questionado se o Google era bom ou ruim. Ele respondeu que não sabe dizer se o Google é bom ou ruim. Respondeu apenas que o Google está fazendo muito dinheiro através do software livre.

No geral a entrevista foi interessante. Entretanto, creio que o nível poderia ter sido melhor se o nível técnico dos entrevistadores fosse mais alto. Assim, ao invés de ficar discutindo se SL era estimulado por um fator econômico ou político, ou se a Microsft é ou não o demônio, outras questões mais interessantes poderiam ter sido abordadas. Por exemplo, o que se espera do SL para os próximos cinco anos? E nos próximos dez?

Como ele vê o avanço do SL nos últimos anos? O que mais facilitou esse avanço? Como as pessoas que estão entrando na área de TI e as pessoas que já fazem parte – mas conhecem pouco a respeito de SL – podem se esclarecer mais a respeito do assunto? Como se qualificar em SL? O que são certificações profissionais e quais são as recomendadas na área de SL?

Essas são apenas algumas das questões que poderiam estar em pauta para tornar o debate mais interessante. Mesmo assim, a entrevista foi bastante interessante e iniciativas como essas devem ser cada vez mais estimuladas.