A empresa Microsoft atualiza seu software Malicious Software Removal Tool (MSRT) para eliminar um worm persistente que tem como alvo uma falha grave já corrigida que afeta o Windows Server Service.

Esta última atualização do MSRT é capaz de remover infecções do worm Conficker, que ao contaminar um servidor, tenta fazer o download de outros malwares.

A empresa observou, recentemente, não só o aumento de ataques que exploram sistemas sem a correção emergencial lançada em outubro, mas também uma nova variação do worm, a ‘Conficker.B’, que tem infectado servidores, o que tornou necessária a atualização do software.

O MSRT é uma ferramenta de segurança simples que rastreia o PC e remove códigos maliciosos, embora esteja longe de atuar como um antivírus.

Anúncios